Roubo de Identidade: muitas tentativas! – 15mar2013

enigma.consultoria Sem categoria Leave a comment   ,

 Li uma matéria no portal da UOL e fiquei surpreso com alguns números divulgados sobre Roubo de Identidade, que podemos dizer que é um tipo de fraude. Vamos lá:

- a cada 17 segundos um consumidor brasileiro é vítima da tentativa dessa fraude;

- de janeiro a outubro de 2011 1,54 milhão de tentativas dessa fraude foram detectadas;

- se todas tivessem sido realizadas o prejuízo total estimado seria de R$ 5,7 bilhões.

A pesquisa não fala sobre o montante dos prejuízos

O que me deixou muito surpreso foram os números de tentativas para apenas um dos vários tipos de fraudes que temos. Vamos tentar encontrar algumas explicações para isso.

Se existem tantas tentativas é porque o resultado da fraude é vantajoso, que o intento é vulnerável e, que se existirem controles, eles são frágeis. No caso do roubo de identidade em nosso país, fica fácil de explicar. Distribuímos informações privadas nossa para “Deus e todo mundo”. Nosso CPF, RG, endereço residencial, etc., é passado sem nenhuma preocupação, por telefone, pessoalmente, pelo computador…Acreditamos que todos são bem intencionados, até que provem o contrário, mesmo eu não conhecendo de quem se trata, não avaliamos se trata-se de uma solicitação falsa, enfim, como todo bom brasileiro, Acreditamos!!!

A fraude é a arte de se enganar, mesmo que isso possa não representar um ganho financeiro. Para controlar o risco da fraude é necessário estabelecer um mínimo de prevenção, de estabelecer um mínimo de controles para evitar o risco de cair na armadilha. Esses controles devem estar na cabeça de todos aqueles que desejam não serem ludibriados.

Perdeu documentos? Imediatamente faça um BO. Pediram seu CPF e você não sabe de quem se trata, ou nunca teve nenhum tipo de transação com o solicitante, diga que o CPF é um documento pessoal e privado.

Recebeu e-mails em sua caixa postal que não conhece o destinatário, e esse e-mail solicita uma série de informações pessoais? Não clique em nada e não forneça o que é pedido. A empresa séria procura meios mais seguros para solicitar essas informações do que o e-mail.

Os números só irão baixar e os prejuízos também, quando as “vítimas” se tornarem mais conscientes e não caírem na armadilha. Enquanto isso, os agentes da ameaça fraude (no caso, roubo de identidade) irão agir em busca de seu intento, e pelo andar da carruagem, devem estar conseguindo.

Um abraço a todos e até a próxima!

Add a Comment